Rodrigo Leão - O Método

Casa da Música - Sala Suggia, Porto.

Escolha os seus próprios lugares ou selecione os melhores lugares por mim

ALL €31,80 €31,80
Lamentamos, o seu navegador não suporta o elemento canvas.

No seats selected

Your selection

    Atenção, este plano de lugares pode não ser exato

    Casa da Música - Sala Suggia

    Quando disponbilizamos um mapa com os lugares para os eventos, fazemos de tudo para que as informações estejam corretas. No entanto, não podemos garantir a exatidão dos mesmos caso existam alterações recentes às salas ou devido a questões técnicas de produção do evento. Os mapas disponbilizados são apenas um guia de apresentação e podem não corresponder à representação exata do layout da sala.

    Mais informações sobre Rodrigo Leão - O Método

    Rodrigo Leão é um criador irrequieto, que se recusa a simplesmente gozar as suas consideráveis conquistas passadas que incluem prémios nacionais e internacionais, aplausos da crítica, reconhecimento dos seus pares ou convites para assinar bandas sonoras para êxitos internacionais de cinema. Por isso mesmo, revela-nos ele, nos últimos dois anos tem estado concentrado a trabalhar num novo projeto, que busca os entusiasmantes cruzamentos entre a clássica contemporânea e a eletrónica por onde têm deambulado músicos com quem até já colaborou como Ludovico Einaudi ou Olafur Arnalds e até outros como Nils Frahm.

    Nesse sentido, e para o trabalho que sucederá a Life is Long, projeto colaborativo assinado com Scott Matthew em 2016, a Os Portugueses, lançado pela Sony e a “O Aniversário” editado pela Universal Music- ambos no ano passado, bem como aos scores para as exposições Florestas Submersas do Oceanário de Lisboa e O Cérebro da Fundação Calouste Gulbenkian,

    Rodrigo criou cerca de 40 novas peças de que, em conjunto com os seus colaboradores próximos e co-produtores Pedro Oliveira e João Eleutério, foram depois escolhidas 15 novas composições a constar do seu próximo álbum.

    “Para a última fase do trabalho decidimos trabalhar com o compositor e produtor italiano Federico Albanese”, explica Rodrigo. “Ele vive em Berlim e entende bem a confluência desta música com a eletrónica”. Este próximo álbum, que Rodrigo Leão refere ser em certos momentos bastante ambiental, cruzam-se as suas belíssimas melodias, inspiradas por memórias de infância e que buscam uma certa ideia de inocência. Há a registar a participação de um coro juvenil, bem como nomes habituais do seu universo como a violinista Viviane Tupikova ou a cantora lírica Angela Silva. O novo registo terá ainda espaço para mais algumas surpreendentes colaborações. "Ando sempre em busca de novas ideias", justifica Rodrigo.

    “Ao vivo quero apresentar esta música em quinteto, comigo, com o João Eleutério, o Carlos Toni Gomes, a Viviane e a cantora Angela Silva.”, elucida o compositor. O espetáculo contará ainda com uma forte componente visual em que as ideias de transcendência, inocência e pureza serão exploradas através de evocativas imagens. “Quero encantar as pessoas, revelar-lhes aquilo em que penso e com que sonho, transportá-las para o meu mundo”. O concerto remete para o palco o que nasce primeiro na cabeça do compositor e que depois é fixado em estúdio. "Mas o palco", garante Rodrigo Leão, "é mesmo o destino final de todo este trabalho, é aí que ele se resolve, frente a frente com as pessoas que depois o interpretam à sua própria maneira".

    PROMOTOR: UGURU Produções Lda.